quarta-feira, 16 de setembro de 2009

JUAZEIRO DO NORTE - Emoção na despedida à Mãe das Dores

NA BASÍLICA, um dos pontos altos da festa em homenagem à Nossa Senhora das Dores: a despedida dos romeiros (Foto: Alex Costa)


Município se prepara, agora, para a próxima romaria, que acontece de 29 de outubro a 2 de novembro

Juazeiro do Norte. Mais de cem mil fiéis, devotos da Mãe das Dores, acompanharam o encerramento - procissão seguida de celebração eucarística - da festa em homenagem à padroeira do município, no fim da noite de ontem, na Praça dos Romeiros. A estimativa é da própria Igreja. Foram 17 dias de programação. Mas, mesmo com a perspectiva de ter recebido em Juazeiro, até ontem, pelo menos 400 mil romeiros, o número esteve abaixo da expectativa.

Durante a tradicional despedida do romeiro, ao meio-dia, o bispo dom Fernando Panico divulgou, na Basílica os números referentes aos romeiros. Só eles correspondem a cerca de 10% do computo geral dos fiéis. Participaram da romaria, pelo menos, 240 mil romeiros. O Estado de Alagoas com o maior número de participantes, seguido de Pernambuco e, depois, de outras cidades do Ceará.

Padre Paulo Lemos associa o menor número de romeiros à Influenza A (H1N1), citando, inclusive, recomendações feitas aos fiéis de Alagoas pela Igreja, para evitarem o abraço da paz. "Isso acaba amedrontando um pouco as pessoas". Outro ponto é por não se tratar de ano político. Ano passado, no dia 15, o Santuário de Nossa Senhora das Dores passou a ser Basílica.

O ponto alto da festa é a procissão e a despedida dos romeiros. A emoção da partida leva uma multidão às lágrimas. A Igreja fica lotada ao meio-dia. Os fiéis disputam um lugar dentro e erguem seus bens no momento da bênção. São imagens, flores, terços e até roupas. Com a fé de retornar a Juazeiro com a irmã, o momento da despedida é sempre cheio de emoção para a aposentada Quitéria Santos de Melo, de Alagoas. Ela afirma que todos os anos faz questão de estar presente na romaria e no próximo, não vai ser diferente.

A romaria de Nossa Senhora das Dores abre o calendário do semestre. A próxima acontece no mês de novembro, começando no dia 29 de outubro. É a maior romaria, com mais de 500 mil romeiros, a maioria de Pernambuco. A expectativa é que, este ano, haja uma participação ainda maior, por conta da comemoração dos 40 anos da estátua do Padre Cícero, que faz aniversário no Dia dos Romeiros, 1º de novembro.

Ocorrências

Este ano, foram registradas duas mortes durante a romaria, mas por causa natural, segundo o secretário de Turismo e Romaria, José Carlos dos Santos. Um homem, de 76 anos, e uma adolescente, de 12 anos, que chegou a Juazeiro já doente.

Na próxima semana, haverá uma avaliação da romaria com todos os segmentos envolvidos do poder público. Uma das reclamações dos romeiros, este ano, foram os preços dos ranchos e pousadas. Nesse ponto, conforme José Carlos, é necessário se trabalhar mais.

ENQUETE
Como você se sente neste último momento?

Maria José dos Santos - 62 ANOS - Aposentada

"A vinda a Juazeiro do Norte é sempre um motivo de alegria para mim. A despedida já deixa muita saudade"

Quitéria Santos Melo - 62 ANOS - Dona-de-casa

"É uma bênção estar aqui com a minha família. Continuo fazendo o caminho que a minha avó fez, seguindo uma tradição"

ELISÂNGELA SANTOS
REPÓRTER

Fonte: Jornal Diário do Nordeste - Caderno Cidades - Fortaleza, 16 de setembro de 2009.
http://diariodonordeste.globo.com/materia.asp?codigo=671482

Um comentário:

Valdecy Alves disse...

Veja documentário que fiz sobre Padre Cícero, após dois anos de filmagens. Intitulado: PADIM CIÇO, SANTOU OU CORONEL? Se gostar, comente, avalie e divulgue. Pode acessar através do meu blog:

www.valdecyalves.blogspot.com