sexta-feira, 28 de maio de 2010

Eventos sobre Mudanças Climáticas no Cariri Cearense








CONVITE
Reunião Preparatória para a ICID 2010 no Cariri – Ceará e Encontro da Rede Clima – Sub-Rede Desenvolvimento Regional – Núcleo Semiárido

Queremos convidar todos a participarem do Encontro da Rede Clima sobre Mudanças Climáticas e Desenvolvimento Regional no Semiárido.
Esta é uma atividade da Sub-rede Mudanças Climáticas e Desenvolvimento Regional da Rede Clima, coordenada pelo Centro de Desenvolvimento Sustentável (CDS), da Universidade de Brasília (UnB), com a colaboração do Laboratório de Estudos Aplicados em Desenvolvimento Regional do Semiárido (LEADERS), da Universidade Federal do Ceará – Campus Cariri.
O Encontro tem como tema central Mudanças Climáticas, Desenvolvimento e Sustentabilidade: vulnerabilidade e adaptação no território do Semiárido, e pretende, além de refletir sobre o tema proposto, definir as próximas atividades da Sub-rede Mudanças Climáticas e Desenvolvimento Regional da Rede Clima, e em especial do Núcleo do Semiárido.
Os eventos serão realizados no Campus da Universidade Federal do Ceará no Cariri, em de Juazeiro do Norte, nos próximos dias 7 e 8 de junho. Seguem em anexo mais informações sobre os eventos.

Cordialmente,

Suely Salgueiro Chacon
Coordenadora do Laboratório de Estudos Aplicados
em Desenvolvimento Regional do Semiárido - LEADERS
Universidade Federal do Ceará - Campus do Cariri

Marcel Bursztyn
Coordenador da Sub-rede “Mudanças Climáticas e Desenvolvimento Regional”
Centro de Desenvolvimento Sustentável da Universidade de Brasília (CDS/UnB)


PROGRAMAÇÃO






DIA 7 DE JUNHO DE 2010








Reunião Preparatória para a ICID 2010 no Cariri – Ceará

07h30min – Inscrições e Credenciamento
08h00min - Abertura Solene
·      Palavra das Instituições
CETREDE, BNB, UFC, URCA, IFCE, CENTEC, IBAMA, PMJN, INSA, SEBRAE, DNOCS, Outras
Entrega de Placas aos homenageados da ICID+18 (Cariri)
09h15min – Apresentação do histórico da ICID: “presente, passado e futuro
Dr. Rocha Magalhães – Presidente da CGEE
09h45min – Apresentação do Projeto GEOPARK da Secretaria da Ciência e Tecnologia do Estado do Ceará
Profa. Tereza Lenice Mota – Secretária Adjunta de C & T do Estado do Ceará
10h30min – INTERVALO (Lanche)
10h45min – Palestra Central
“MUDANÇAS CLIMÁTICAS E O DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL DO SEMIÁRIDO”
        Dr. Eduardo Sávio - Presidente da FUNCEME
12h15min – Apresentação da Experiência da UFC (Campus Cariri)
               Prof. Dr. Ricardo Lange Ness – Diretor do Campus Cariri da UFC
13h00min – INTERVALO (Almoço)
14h15min – Mesa Redonda Temática
·         Tema 1: Clima e Desenvolvimento Sustentável
·         Tema 2: Processos de Política Públicas
·         Tema 3: Governança e Desenvolvimento Sustentável
 Coordenação e Moderação:
 Prof. Dr. José Micaelson Lacerda Morais da URCA
 Convidados Especiais:
  Profa. Dra. Suely Chacon – UFC Campus Cariri
  Prof. Dr. Álamo Feitosa – Pró Reitor de Pesquisa e Pós-Graduação da URCA
  Prof. Dr. Jefferson Queiroz Lima – IFCE Juazeiro
16h30min – Plenária
·         Elaboração e Aprovação de Propostas Regionais para a ICID
17h30min – Coquetel (apresentação cultural)

DIA 8 DE JUNHO DE 2010
Encontro da Rede Clima – Sub-Rede Desenvolvimento Regional – Núcleo Semiárido
Tema: Mudanças Climáticas, Desenvolvimento e Sustentabilidade: vulnerabilidade e adaptação no território do Semiárido
8h - Apresentação Cultural
8h30min - Abertura Solene (Autoridades)
9h - Painel 1 - Rede Clima  - Mudanças Climáticas, Desenvolvimento e Sustentabilidade
  • Rede Clima – Prof. Dr. Carlos Nobre (INPE) (a confirmar)
  • Sub-Rede Mudanças Climáticas e Desenvolvimento Regional - Prof. Dr. Marcel Bursztyn (UnB-CDS) (confirmado)
  • Mudanças Climáticas e Desenvolvimento Regional no Território do Semiárido – Profa. Dra. Suely Chacon (UFC – Cariri) (confirmado)
10h30min - Intervalo
11h - Painel 2 - Mudanças Climáticas, Sustentabilidade e Desenvolvimento Regional - Ações Institucionais
Prof. Dr. Aroldo Mota – IPEA (confirmado)
BNB
INSA
EMBRAPA Semiárido
12h30min - Almoço
14h - Painel 3 - Mudanças Climáticas, Sustentabilidade e Desenvolvimento Regional - Pesquisa Acadêmica
UnB/CDS; UFC-Cariri
15h30mim - Intervalo
16h Painel 4 - Desenvolvimento Regional e Sustentabilidade na Prática - Apresentação de Experiências Produtivas de Sucesso no Semiárido (meio rural e urbano)
Convidados a definir
17h30min - Síntese dos trabalhos do Encontro
18h - Encerramento e Confraternização

SOBRE OS EVENTOS:
Nos dias 7 e 8 de junho de 2010 OCORREM dois eventos que tem como finalidade discutir a influência das Mudanças Climáticas no processo de desenvolvimento global e, em especial, no território do Semiárido.
No dia 7 de junho ocorrerá uma Reunião preparatória para a segunda Conferência Internacional sobre Clima, Sustentabilidade e Desenvolvimento Sustentável em Regiões Semiáridas – ICID.
A ICID pretende aguçar o foco no desenvolvimento sustentável das regiões semiáridas do mundo, a fim de acelerar o alcance dos Objetivos de Desenvolvimento do Milênio (MDG), para reduzir vulnerabilidade, pobreza e desigualdade, melhorar a qualidade dos recursos naturais e promover o desenvolvimento sustentável.
Em apoio à provável Rio+20 (2012), a ICID vai convocar as partes envolvidas ao redor do mundo para identificar e focar ações em desafios e oportunidades para um futuro melhor nas regiões áridas e semiáridas do mundo. O objetivo da ICID é alavancar o melhor efeito de desenvolvimento possível das convenções existentes das Nações Unidas e prover informação e orientação para governos e todos envolvidos visando a melhorar a sustentabilidade ecológica e social em terras áridas e semiáridas.
E as reuniões preparatórias visam buscar as contribuições regionais para essas discussões.
Mais informações sobre a ICID, acesse:

No dia 8 de junho acontecerá o Encontro da Rede Clima sobre mudanças climáticas e desenvolvimento regional no semiárido, que tem como tema Mudanças Climáticas, Desenvolvimento e Sustentabilidade: vulnerabilidade e adaptação no território do Semiárido.
Para estudar os efeitos das mudanças climáticas no Brasil, o governo federal instituiu no dia 17 de abril de 2009 o Painel Brasileiro sobre Mudanças do Clima. A iniciativa brasileira reúne 300 renomados cientistas e pesquisadores de várias instituições e centros universitários.
O grupo de cientistas brasileiros vai compilar e analisar a toda a produção científica do País a respeito dos mais diferentes aspectos das alterações do clima no país.
Para o sucesso dessa iniciativa, o governo conta com a Rede Brasileira de Pesquisas sobre Mudanças Climáticas Globais (Rede Clima), criada 2007. Composta por integrantes de diversas áreas, como governo e academia, a Rede objetiva atuar na produção e disseminação de conhecimentos e tecnologias em mudanças do clima, além de contribuir para a formulação e acompanhamento de políticas públicas no âmbito do território brasileiro concentradas nas seguintes áreas: Cidades, Zonas Costeiras, Economia das Mudanças Climáticas, Recursos Hídricos, Desenvolvimento Regional, Energias Renováveis, Agricultura, Saúde e Modelagem.
    Os objetivos da Rede CLIMA são:
 ·         gerar e disseminar conhecimentos e tecnologias para que o Brasil possa responder aos desafios representados pelas causas e efeitos das mudanças climáticas globais;
·         produzir dados e informações necessárias ao apoio da diplomacia brasileira nas negociações sobre o regime internacional de mudanças do clima;
·         realizar estudos sobre os impactos das mudanças climáticas globais e regionais no Brasil, com ênfase nas vulnerabilidades do País às mudanças climáticas;
·         estudar alternativas de adaptação dos sistemas sociais, econômicos e naturais do Brasil às mudanças climáticas;
·         pesquisar os efeitos de mudanças no uso da terra e nos sistemas sociais, econômicos e naturais nas emissões brasileiras de gases que contribuem para as mudanças climáticas globais; e
·         contribuir para a formulação e acompanhamento de políticas públicas sobre mudanças climáticas globais no âmbito do território brasileiro.
A sub-rede Mudanças Climáticas e Desenvolvimento Regional é coordenada pelo Centro de Desenvolvimento Sustentável da Universidade de Brasília e tem como parceiros entidades de pesquisa nos três principais territórios naturais do Brasil: Amazônia, Semiárido e Cerrado.
O Campus da Universidade Federal do Ceará no Cariri participa da Rede Clima na sub-rede temática Mudanças Climáticas e Desenvolvimento Regional e a Profa. Dra. Suely Salgueiro Chacon é responsável pelas pesquisas no Núcleo do Semiárido.
Diante dos graves efeitos causados pelas mudanças climáticas no Semiárido, dos objetivos da Rede Clima e dos compromissos assumidos pelo Núcleo Semiárido da sub-rede temática Mudanças Climáticas e Desenvolvimento Regional mostras-se a necessidade de consolidar esse Núcleo e suas atividades. Espera-se com isto produzir novas soluções para que se encontre uma nova dinâmica positiva para o desenvolvimento regional deste território. Os objetivos desse projeto e a metodologia proposta para sua consecução podem detalhar melhor como se pretende conseguir esse intento.
Informações da Sub-Rede Mudanças Climáticas e Desenvolvimento Regional:
Instituição Coordenadora: Universidade de Brasília, Brasília, DF
Co-coordenador: Prof. Marcel Bursztyn (email: marcel@unb.br)
Co-coordenador: Prof. Dr. Saulo Rodrigues Filho (email: srodrigues@unb.br)
Instituições participantes da sub-rede: Universidade Estadual do Amazonas, Universidade Federal do Ceará - Campus Cariri, Universidade Federal do Tocantins, Instituto Nacional do Semiárido – INSA, Articulação do Semiárido Brasileiro – ASA Brasil, Embrapa Semiárido.
o    Documentos da Rede Clima:
Instituição da Rede CLIMA Portaria MCT nº 728, de 20.11.2007
Composição do Conselho Diretor da Rede CLIMA – Portaria MCT nº 171 de 27.03.2008
Relatório de atividades da Rede CLIMA – Julho de 2009
O Encontro do dia 8 de junho visa consolidar o Núcleo do Semiárido da Sub-rede Desenvolvimento Regional da Rede Clima e discutir reflexivamente sobre os impactos das mudanças climáticas no território do semiárido, apontando possíveis caminhos para minimizar seus efeitos e criar alternativas sustentáveis.
Ambos os eventos contam com o patrocínio do Banco do Nordeste do Brasil (BNB) e acontecerão no Campus da Universidade Federal do Ceará (UFC) no Cariri.
  
APRESENTAÇÃO DO LEADERS

O Laboratório de Estudos Aplicados em Desenvolvimento Regional do Semiárido -LEADERS é um grupo de pesquisas interdisciplinar ligado ao Campus da Universidade Federal do Ceará (UFC) no Cariri (http://www.cariri.ufc.br) e certificado junto ao CNPq (http://dgp.cnpq.br/buscaoperacional/detalhegrupo.jsp?grupo=0089603T3FOW5H). Tem por finalidade aplicar os conhecimentos acadêmicos a partir da atuação de professores e alunos em constante interação com a sociedade. As atividades do LEADERS proporcionam à Academia a oportunidade de contribuir efetivamente com o processo de desenvolvimento regional sustentável não apenas do Cariri, mas também do Nordeste e, em especial, do território do Semiárido. A melhoria da qualidade de vida e uma melhor convivência com o meio ambiente são resultados esperados a partir da implantação das atividades ligadas ao Laboratório, bem como a partir das informações geradas e difundidas pelas pesquisas realizadas no âmbito do LEADERS.
No âmbito das atividades do LEADERS, temos algumas pesquisas em andamento. A principal delas, intitulada Construção de indicadores de sustentabilidade para a Avaliação do Desenvolvimento Regional do Cariri cearense, é coordenada pela professora Suely Salgueiro Chacon, com bolsa de Produtividade do CNPq. O CNPq também proporciona uma Bolsa de Iniciação Científica, que está com Ives Romero Tavares do Nascimento. A pesquisa também conta com financiamento do Banco do Nordeste do Brasil - BNB, que proporcionou recursos para equipamentos e três bolsas de iniciação científica. Com essas bolsas estão Rosana Marinho, Francisco Arrais do Nascimento e Jorgilânia Lopes. Além dos bolsistas, contamos com a participação voluntária de Linara Porto, Eva Lopes, Sarah Gonçalves, Milanya Ribeiro, Leonardo Tavares, Ivete Matos, Cícero Júnior e Johanna Chacon.
Para saber mais sobre o LEADERS, acesse nosso Blog (http://leaders-ufc-cariri.blogspot.com/ou entre em contato pelo e-mail: leaders@cariri.ufc.br
  
Para conhecer....
PRECEITOS ECOLÓGICOS DO PADRE CÍCERO
Padre Cícero (1844-1934) 
  1. Não derrube o mato, nem mesmo um só pé de pau.
  2. Não toque fogo no roçado nem na caatinga.
  3. Não cace mais e deixe os bichos viverem.
  4. Não crie o boi nem o bode soltos; faça cercados e deixe o pasto descansar para se refazer.
  5. Não plante em serra acima, nem faça roçado em ladeira muito em p‚: deixe o mato protegendo a terra para que a água não a arraste e não se perca a sua riqueza.
  6. Faça uma cisterna no oitão de sua casa para guardar água da chuva.
  7. Represe os riachos de cem em cem metros, ainda que seja com pedra solta.
  8. Plante cada dia pelo menos um pé de algaroba, de caju, de sabiá ou outra árvore qualquer, até que o sertão todo seja uma mata só.
  9. Aprenda a tirar proveito das plantas da caatinga, como a maniçoba,a favela e a jurema; elas podem ajudar a você a conviver com a seca.
  10. Se o sertanejo obedecer a estes preceitos, a seca vai aos poucos se acabando, o gado melhorando e o povo ter sempre o que comer.
  11. Mas, se não obedecer, dentro de pouco tempo o sertão todo vai virar um deserto só.

(do livro: Pensamento Vivo de Padre Cícero, Ediouro, 1988)
Fonte: Jornal Urtiga, Edição 53 - dezembro/1992 - "Opiniões"

Um comentário:

Alexandre disse...

Gostaria de parabenizar pelo Blog, está muito bom, irei colocar no links uteis do Portal Barueri Na Web, se possível de essa força também e acesse nosso Blog-http://www.baruerinaweb.com.br. Agradeço desde já , um grande abraço e sucesso sempre!