quarta-feira, 24 de março de 2010

Hora do Planeta 2010


22/03/2010 - 18h08

Monumentos do mundo inteiro apagam suas luzes neste sábado

Da Redação
  • Fotos mostram a Torre Eiffel com as luzes apagadas e acesas na Hora do Planeta em 2009
    Fotos mostram a Torre Eiffel com as luzes apagadas e acesas na Hora do Planeta em 2009

Atualizada em 24.03.2010
Neste sábado (27), às 20h30, cartões-postais do mundo todo apagarão suas luzes por uma hora em um ato simbólico contra o aquecimento global. Pelo menos 812 monumentos famosos, como a Torre Eiffel, em Paris, e o Portão de Brandenburgo, em Berlim, ficarão no escuro. O ato já conta com participação de 120 países.
No Brasil, 145 monumentos e locais públicos serão apagados, como o Cristo Redentor, no Rio de Janeiro, a Ponte Octavio Frias de Oliveira, em São Paulo, o Palácio de Cristal, em Curitiba, e o Arco da Praça Portugal, em Fortaleza.
A campanha tem o apoio de 61 cidades brasileiras - das quais 15 são capitais em 19 Estados em cinco regiões do país, além de mais de 1.500 empresas e 249 organizações.
O evento, que no país é comandado pelo WWF-Brasil, convida todas as pessoas a desligarem a luz de casa para fazer parte do ato. A campanha lançada este ano conta com apoio de empresas e de celebridades, como a atriz Cristiane Torloni e a apresentadora Preta Gil.

Como vai ser

As três cidades situadas mais ao norte no globo, Murmansk (Russia), Hammerfest (Noruega) e NuuK (Groelândia), e as três mais ao sul, Hobart (Austrália), Ushuaia (Argentina) e Queenstown, na Nova Zelândia, também estão engajadas na Hora do Planeta 2010 e levarão o movimento literalmente de norte a sul da Terra. E vai ser inclusive na Nova Zelândia que o movimento global irá começar. Pelo fuso horário, as Ilhas Chatham serão o primeiro local a apagar suas luzes.
Realizada pela primeira vez em 2007, em Sidney, na Austrália, a Hora do Planeta 2010 superará todos os recordes de adesões dos anos anteriores. Esta edição conta com 33 novos países, entre eles Nepal, Mongólia, Arábia Saudita, Nigéria, Paraguai, Uruguai e Marrocos.

Efeito estufa

No Brasil, a WWF escolheu como temas da Hora do Planeta o combate ao desmatamento, a proteção e recuperação de áreas de preservação permanente, como as matas ciliares e as nascentes, e a obrigatoriedade do cumprimento das metas de redução de desmatamento e de emissões de gases de efeito estufa assumidas na Conferência de Copenhague em 2009 (COP-15 da UNFCCC).
O país é considerado o terceiro maior emissor de gases de efeito estufa do mundo. A maior parte da emissão (75%) é proveniente de queimadas e desmatamento.
O site oficial da campanha para obter mais informações e se cadastrar é www.horadoplaneta.org.br.
http://noticias.uol.com.br/ultnot/cienciaesaude/ultimas-noticias/2010/03/22/pelo-menos-117-paises-participam-da-hora-do-planeta-neste-sabado-27.jhtm

Um comentário:

Paulo Romero disse...

Amiga Suely,
eu,com certeza,estarei participando desse movimento.
Esse é apenas um gesto,mas,que pode significar muito.
Eu botei os adesivos do"hora do planeta",no meu blog,eles foram copiados do seu...é uma forma de divulgar mais essa idéia.

Um abraço.
Paulo Romero.
Meliponário Braz.
João Pessoa,PB.